sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

VIAJAR É POSSÍVEL

Acredito piamente que podemos viajar para qualquer lugar, viajar no tempo, enfim viajar, sem que para isso precisemos de dinheiro ou de nos locomover.

A imaginação nos leva a qualquer lugar e a qualquer tempo.

Adoro música, cantar, tocar e principalmente ouvir uma boa música, se for ao vivo melhor e se for um show, entro em êxtase, viajo.

Dia desses um primo da minha mulher nos convidou para um evento comemorativo aos 10 anos dos empreendimentos dele e como ele sabe que aprecio a boa música, tratou de dar ênfase ao fato de ele ter convidado o pessoal do "Sonho Não Acabou", uma banda amadora do Porto Alegre, atualmente comandada pelo André Zeni, que só toca sucessos dos anos 60, a fim de me motivar para que eu não furasse o convite recebido.

Esse pessoal, tinha parado de tocar faz algum tempo, face a perda do seu fundador Roberto Santini e resolveram voltar a tocar para fazer um tributo ao seu amigo.

Chovia muito, quando eles subiram ao palco, fizeram alguns acordes e um deles começou a falar com muito carinho sobre o amigo que partiu.

Eu já conhecia a banda desde o início, mas fazia muito tempo que não os via tocar.

Tinha ido lá aquela noite só para vê-los tocar. Foi então que após um breve discurso, eles abriram o show de forma estonteante, com um grande sucesso dos Beatles e não pararam mais, cantando de tudo daquela época, Beatles, Carpenters, Renato e Seus Blue Caps, Fevers, Nilson, Ligth Reflections, entre outros tantos.

Não cantaram Elvis, pois segundo eles, ninguém estava apto a cantar Elvis como Roberto Santini, o amigo que já não está mais entre eles.

Durante todo o show eu viajei, lembrei de coisas com detalhes, associadas as músicas que eles iam cantando, chegava a visualizar imagens daquilo que passava rapidamente pela minha mente, imagens essas que iam sendo criadas associadas à música que entrava como energia pelos meus ouvidos, acionando meu cérebro de forma alucinante.

Quando me dei conta, tinha passado todo tempo do show, de pé, na frente da banda, me embalando e cantando o tempo todo, quase em transe, viajando, viajando pela minha adolescência e juventude de uma forma tão agradável.

Então minha viagem terminou, mas o sonho não acabou.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

A IRMÃ RUIM DA PAIXÃO

Hoje estou angustiado !! Muito angustiado!

Creio firmemente ser essa é a pior sensação que o ser humano pode experimentar . A angústia......

Os motivos não importam a sensação é que é horrível..

Por mais incrível que possa parecer, hoje estou muito angustiado simplesmente porque a noite, meu time irá jogar uma partida decisiva pelo campeonato brasileiro...

Vejam, o motivo é fútil, mas a sensação da angústia é terrível, não importa o motivo..

Você perde a concentração, tua cabeça dá voltas e acaba focada naquilo que está te angustiando, o dia demora a passar...

A angústia é limitante, não permite que tu faças outras coisas a não ser pensar naquilo que está te angustiando e vai te corroendo por dentro..

Por várias vezes me perguntei hoje:

Porque estou assim ?

Se o meu time perder hoje a noite, o que posso fazer para evitar isso ?

As vezes acho que a angústia é a irmã ruim da paixão, pois nos envolve, nos consome, nos afeta, nos tira do centro, mas assim como a paixão, ela passa, ainda bem que passa !

terça-feira, 25 de março de 2008

ENFIM ME RENDI

Sou do tempo do curso de datilografia, do toca-fitas, do carro de praça, entre outras cossitas, que devem soar estranho quando se está ecrevendo pela primeira vez num Blog.

Gosto de pensar, de escrever e há algum tempo venho pensando em abrir um Blog, mas o meu interior vinha resistindo a essa possibilidade.

Enfim cá estou eu, com meu Blog novinho em folha, aberto há minutos atrás e escrevendo as primeiras linhas.